Artroscopia de ombro

As artroscopias são procedimentos cirúrgicos ortopédicos que permitem o acesso à diversas articulações do nosso corpo, assim proporcionando uma inspeção articular através de um método minimamente invasivo.

Através da introdução de uma pequena câmera (artroscópio) de alta resolução é possível diagnosticar e tratar diversas patologias através desta técnica. Elas são realizadas em centro cirúrgico com o paciente sob anestesia geral e o tempo de cirurgia varia com o procedimento a ser realizado, levando em média de 1-2 horas. 

Introdução do artroscópio e instrumentais

Uma ampla gama de doenças do ombro podem ser tratadas através da artroscopia, dentre as mais comuns estão: 

  • Lesão do manguito rotador 
  • Luxação recidivante do ombro (instabilidade)
  • Tendinopatia calcárea do ombro
  • Lesão SLAP
Âncoras de Sutura

Para o tratamento de algumas lesões há a necessidade de se introduzir implantes para se realizar o reparo de tendões e ligamentos. Estes implantes – chamados de âncoras de sutura – possuem diversos formatos e tamanhos e podem ser de metal ou plástico, sendo alguns deles absorvidos pelo organismo posteriormente.

Após o procedimento o cirurgião poderá optar por imobilizar o membro operado por um período médio de 3-6 semanas. Esta imobilização é realizada com tipóias específicas para o ombro, podendo conter, ou não uma almofada sobre o membro imobilizado.

Passado o tempo de imobilização o ombro se encontrará rígido, doloroso e fraco, portanto haverá uma necessidade de se realizar uma adequada reabilitação com sessões de fisioterapia motora.

O que deseja encontrar?

Compartilhe

Share on facebook
Share on linkedin
Share on google
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp